Archive for ‘Sem categoria’

03/22/2018

ÁRIES


Vamos entrar nessa energia de ÁRIES e conhecer como ela pode ser benéfica para todos aries_by_fabera-d3bj2xynós? Sim? Sim? Siiiimmmm? Ok, já que insistem, sim: Reverências arianas  à essa energia sideral disponível e ancorada pelos corações generosos nascidos nessa época de todos os inícios. O que devemos fazer nos inícios? Guardar recursos para todo período todo ué! Atualmente nosso calendário é propositalmente dissociado dos ciclos naturais e por essa razão há pouca compreensão das festividades de ano novo realizadas por outras culturas e grupos sociais. Memórias, registros históricos e espirituais, folclore e mitos à parte, estamos de fato no início do ano solar, considerado assim desde a antiguidade, quando em agrupamentos civilizatórios e na estruturação do planeta, o estágio primaveril, o reflorescimento da Terra, com o ingresso do sol em zero grau de áries ascendentemente, tornando os dia mais longos e aquecidos, com o derretimento do gelo do inverno, com águas cristalinas e calor, fertilizando e fazendo brotar vida nova. Dias longos, comida, saúde, vida! Vamos todos nos abrir para as tendências ígneas de áries, que nos guiam para a vitória contra todo tipo de limitação, ao aprendermos a nos relacionar com ela. Senhores do bom combate, vamos aprendendo a vencer as batalhas internas, que nos liberam espaços e quantas de consciência! No terreno das analogias, tudo o que for mental e a forma como digerimos os pensamentos e idéias. Sem controle, esse fogo, essa  força ígnea e viril, esse ímpeto e impaciência roubam energia dos outros centros de força do corpo e o resultado é a queda da energia e a baixa qualidade de saúde. Costumo brincar que pavio curto é vela que não deixa ler um livro inteiro. Bem compreendidas, as energias evolutivas arianas nos fazem crescer tomando consciência da vontade divina com a disciplina, aprendendo a identificar no que empregar a energia e com qual intensidade. Como todos os inimigos encontram abrigo nos nossos defeitos internos, devemos cuidar para não reverberar em luxúria e arrogância, com o respeito ao tempo das coisas e dos outros, retendo essa chuva magnífica de luz, empunhando a espada com Amor!

 

 

 

Anúncios
03/08/2018

Postagens


12/28/2017

Reverencie a sua luz interior – o decote


A felicidade faz a pessoa brilhar e isso é literal, muitos de nós não tem a percepção ou a visão desenvolvida para traduzir esse fenômeno. Nessa vida bipolar, em que vivemos a experiência em uma polaridade para reconhecer o outro extremo, nem sempre estamos em contato com a felicidade, mas quando fazemos o contato, brilhamos. Quanto mais contatos, mais iluminados. E quanto mais percepção e consciência do instrumento que é esse aprendizado nos contrários – essa coisa de precisar sentir dor para almejar a felicidade –  mais contato com a própria integridade no Ser, o Ser maior que a personalidade, essa personalidade que é a personagem que vestimos todos os dias para “enfrentar” a vida.

Ontem eu brilhava… eu brilhava muito, pois vivi uma experiência linda com o canto devocional. Cantei para minha alma e para meu espírito, cantei para o Divino e suas manifestações. Cantei para todo mundo, para cada homem e mulher dentro de cada homem e mulher. Cantei para cada Criança da Criação, cada vontade de vida manifestada. Fiz contato profundo com a felicidade. Cantei para criar com e na a Felicidade.

Um casal passa por mim na rua, o homem puxa a moça aparvalhoado e a moça me interpela: “Bonito o seu colar!!!” Olhando para o meu decote. Aterrisso (só um pouquinho) do meu êxtase musical, sorrio, agradeço, falo breve da origem do colar e sigo. Percebo o espanto da moça com a minha distração, pois simplesmente sigo, passo.

Agora, aqui, é o momento em que eu falo sobre o poder feminino, sobre o desperdícioKrishna and Radha in a loving moment dessa força, esse desperdício que é não se ver, não se sentir, não se perceber e focar exclusivamente no que vem de fora, no que parecer vir do outro e considerar a Divindade Ativa no outro  como uma ameaça. Isso que é a desculpa para muitas mulheres que insistem em permanecer enredadas na prisão que criaram para elas mesmas. O Sagrado Feminino se realiza futucando as entranhas de si mesma e assumindo a sua criatividade, a sua condição geradora, o seu poder reciclador, de receber energias e transmutar nas belas criações a serviço da manifestação do feminino na vida. Não é ser princesa, é ser rainha e soberana de si mesma. Numa relação de casal, a interseção das duas vontades é um portal. Se essas vontades são desalinhadas se são vontades de pessoas que não tem autorrespeito, esse portal vai trazer o remédio que o casal precisa. A terceira pessoa que entrar é o remédio. Muitas vezes o remédio que faz fortalecer a união do casal e seus propósitos, ou, ao contrário, o remédio curador que faz romper com as amarras frágeis de um ciclo que já se encerrou entre eles dois.

A vida não é vã, é toda ela movimento e reconstrução. Evolução. A vida não se enfrenta, se vive, dentro dela, fluindo com ela. Aceitar o feminino sagrado em si mesma, tanto atrai o parceiro que já está lá, poderoso em seu masculino, como também faz  estimular o companheiro (ou parceiro de vida, ou de experiências) despertar, ressurgir, ressuscitar, assumir o seu Homem Sagrado interior. E assim desperta mais um lindo casal de deuses, curando e recriando a própria vida e a de todos ao seu redor. Conscientes de que tudo fora do Ser é cíclico e impermanente, e que, querer dominar a vontade alheia é querer ser melhor que o outro… e assim não é casal, não é divino e não é funcional para a evolução de nenhum dos dois.

12/02/2017

Sweet Chestnut – da noite escura, para uma nova manhã


“Quando mente ou corpo estão estão no limite das forças e nada mais podem fazer” Dr. Bach. Desespero extremo em que a pessoa acredita que chegou ao limite da resistência, quando sente que o sofrimento vai além de tudo o que um ser humano pode suportar. A pessoa se sente desamparada e desprotegida.

SweetChestnut

Ocorre que os arquivos mentais já não servem mais de modelos para o entendimento. Nesse momento de transição, há a confrontação da personalidade consigo mesma e a sua tentativa de não se render ao novo estado de consciência, já instalado no indivíduo.

O Floral Sweet Chestnut nos coloca em contato com a verdade de que é preciso vir a noite para ver o novo dia. De que todos os desenvolvimentos ocorrem ciclos, no eterno e natural morrer e nascer. Nesse processo carecemos profundamente  da entrega para alcançar a percepção do momento certo em que devemos, conscientemente, por escolha, de entregar-nos à direção de uma instância superior. Rendição… é chamado o Floral da Redenção.

Namas-te!

Márcia Cristina.

05/31/2017

Você merece sofrer?


resilienci

“AVALIANDO A NÓS MESMOS QUANDO FOMOS MENOS QUE PERFEITOS

Numa atividade de rotina em meus seminários, peço aos participantes que se lembrem de alguma ocasião recente em que eles fizeram alguma coisa que gostariam de não ter feito. Em seguida, observamos como eles falaram consigo mesmos imediatamente após terem cometido o que em linguagem comum chamamos de “erro”. Algumas frases típicas são: “Isso foi burrice!”; “Como pude fazer uma coisa tão idiota?”; “O que há de errado comigo?”; “Estou sempre pisando na bola”; “Isso foi tão egoísta!”

Essas pessoas foram ensinadas a julgar a si mesmas de um modo que implica que o que elas fizeram foi errado ou ruim; sua autorrecriminação implícita pressupõe que elas merecem sofrer pelo que fizeram. É trágico que tantos de nós fiquemos enredados no ódio por nós mesmos, em vez de nos beneficiarmos dos erros, que mostram nossas limitações e nos guiam em direção ao crescimento.

Mesmo quando às vezes “aprendemos uma lição” com os erros pelos quais nos julgamos com tanta severidade, preocupo-me com a natureza da energia por trás daquele tipo de mudança e aprendizado. Eu gostaria que a mudança fosse estimulada por um claro desejo de melhorar nossa vida e a dos outros em vez de por energias destrutivas como a vergonha ou a culpa.”

Comunicação Não – Violenta – Técnicas Para Aprimorar Relacionamentos Pessoais e Profissionais – Rosenberg, Marshall B. – Ágora

12/06/2016

Curando-se


OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nos processos terapêuticos vibracionais há  aceleração e expansão dos campos eletromagnéticos dos corpos das pessoas envolvidas. Uma vez que o local do encontro passa a ser o espaço/tempo de contato com o conflito (ou enfermidade), há que treinar a mente em não se deixar enganchar pela ilusão de um contra o outro, permitindo assim que a energia coagulada se dissolva, até porque a verdade da corrente de cura é que não existe o outro. Somos todos um.

08/24/2016

Não existe o acaso


Ouse confiar em sua capacidade: há uma parte de você que sabe tudo e vai repetir-lhe as lições até que aprenda, e se encontrem.

Água e Flor.

a-forca-da-natureza_0

01/18/2016

Livro Digital Tratado das Plantas Medicinais, de Telma S. Mesquita Grandi.


Presentão, no site https://plantasmedicinaismineiras.wordpress.com/livro/

Telma S. Mesquita Grandi é farmacêutica-bioquímica, graduada pela UFMG, tem Mestrado em Microbiologia e Imunologia e especialização em Sistemática de Fanerógamas pela Universidade de Brasília (UNB). Desde garota gostava de dar aulas, estimulando seus alunos a aprenderem as ciências. (…)

Este livro foi escrito baseado em experiências profissionais de quase 40 anos, lecionando na Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade de Uberaba e Centro Universitário Newton Paiva, assim como em outras experiências profissionais. Durante esse tempo, muitos alunos participaram de pesquisas em sua cidade natal, coletando exsicatas (plantas secas) para posterior identificação botânica. Só em um trabalho publicado foram analisadas 5.000 exsicatas. Além disso, foram mais de 20 cursos de extensão ministrados em Alfenas, Machado, Ouro Preto, Lavras, Viçosa e Uberlândia.

Fonte: Livro Digital

09/24/2015

Dr. Edward Bach


24 de setembro, nossa homenagem ao mestre, que nos doou conhecimento, amor, direção… em direção à cura pela simplicidade e singeleza, das flores e da natureza!

Blog do aguaeflor.com.br

Dr. Edward Bach, médico, bacteriologista, fisiologista, patologista e homeopata nos anos 30 saiu em campo –  experimentou, investigou e catalogou, um sistema completo de cura dirigido inteiramente à personalidade, ao humor, ao aspecto emocional  ou aos estados emocionais a que todos estamos sujeitos – e criou os medicamentos, as Essências Florais de Bach, ou Sistema Floral de Bach.

DrBach2

Na década de 20, Dr. Bach era um médico homeopata reconhecido, trabalhando com uma equipe de assistentes. Desenvolveu os 7 Nosódios de Bach, usados para tratar diferentes doenças. Já havia sido indicada por Hahnemann a idéia de que existia uma associação entre personalidade e fatores físicos. Dr. Bach queria entender o Ser como um todo e escreveu que o objetivo do médico deveria ser, mais do que a cura, a prevenção das doenças. Para ele era claro que o corpo humano não deveria ser visto pela medicina como um campo de batalha. Em um…

Ver o post original 209 mais palavras

06/29/2015

Mimulus


Florais de Bach, gotinhas que nos ajudam a encontrar o equilíbrio emocional diante das dificuldades da vida. Hoje revemos como nos ajuda o Floral Mimulus, A Flor da Coragem:

Blog do aguaeflor.com.br

Mimulus
Mimulus
do medo do mundo, para a confiança no mundo
A Flor da Coragem
Qual a verdade que preciso compreender melhor?
No mundo da polaridade existe luz (amor) e escuridão (medo). Mas das duas, é a luz que tem mais força. Prova disso é que, quando à noite ascendemos uma lâmpada, a luz sai pela janela e conquista a escuridão lá fora, porém a escuridão não entra na sala iluminada. Nosso processo de crescimento ocorre nesse mundo de polaridade. Basicamente, nosso plano de vida está organizado de modo que a luz (consciência, amor) possa crescer dentro de nós. Podemos assim confiar serenamente em nossa orientação interior.
Qual a decisão que me faz entrar em contato com a minha orientação interior?
Decido, em essência, dar um passo em direção à luz. Enfrento com coragem as coisas que estão no meu caminho de vida, pois posso confiar na orientação do meu Eu…

Ver o post original 40 mais palavras

04/29/2015

Para todas as Crianças


Blog do aguaeflor.com.br

98cbw4

Crianças de Luz

Para Todas as Criançasb_astrologia_02[1]

(Autor desconhecido, texto copiado da versão eletrônica do livro As Crianças Índigo – Chegaram as Novas Crianças, de Lee Carroll e Jan Tober)

Chegou o tempo do Grande Despertar. Vocês, que escolheram elevar vossos olhos da obscuridade para a luz, são abençoados a presenciar o acontecimento de um novo dia no planeta Terra. Porque o vosso coração ansiou ver a paz real onde reinava a guerra, mostrar misericórdia onde dominava a crueldade e conhecer o amor onde o temor congelou os corações, vocês são privilegiados para o vosso mundo. A Terra é uma benção para vocês. Ela é vossa amiga e a vossa mãe. Recordem sempre e honrem a sua relação com ela. Ela é um ser que vive, ama e respira, tal como vocês. Ela sente o amor que lhe dão, enquanto caminham sobre o seu solo com um coração alegre. O…

Ver o post original 435 mais palavras

04/10/2015

1. Áries – Início do Ano Zodiacal.


Áries, o início do ano zodiacal.

Blog do aguaeflor.com.br

Eu inicio.

É o primeiro signo  e corresponde ao início do ano zodiacal.

aries

Regido por Marte, o planeta mais próximo do Sol, mais quente e um dos extremos do eixo imaginário entre os planetas do sistema solar.

Traduz-se na energia viril que se impõe sobre o ambiente e que o conquista e domina. Marte é o instinto de sobrevivência, assente nas pulsões agressivas e sexuais. Representa a força da competição, a força que anima a luta e que permite  agir, derrubar ou ultrapassar os bloqueios, contrariedades e as oposições.

A energia de Áries nos conduz a vitória contra todo tipo de escravidão, e ensina também que o verdadeiro combate é a luta  para vencer o inimigo interno, cada vitória nesta batalha interior no libera uma poção renovada de consciência que permite ações construtivas nos diversos setores, podendo superar todo tipo de conflito.

Nos aspectos da individualidade, os desafios dos arianos são regidos…

Ver o post original 207 mais palavras

03/25/2015

Holismo


Holos = Só, inteiro, integral, fonte emanadora de tudo;Uma Flor da Vida
Ismo – sufixo de origem grega que expressa ideologia;

Holismo – em holismo lê-se que o todo, cada organismo, seja celeste, humano, animal, vegetal, mineral, coisas, manifesta-se em cada parte dele mesmo, e cada parte coopera com as outras e com o com a inteireza.

A compreensão desse processo nos guia ao desenvolvimento da postura transpessoal, à cooperação nos processos que se apresentam nos relacionamentos diversos do cotidiano e na busca da conexão com algo além de nós, maior que nós, para cooperar, reassumindo uma função perdida, de uma conexão rompida.
Quando alguém se cura, algo se cura no universo; quando alguém devolve algo ao seu dono ou lugar, em alguma parte do universo algo retoma o seu lugar.

Quanto alguém aceita todas as partes de si mesmo, há a integração, a dinamização para a retomada do processo original.

O Holismo é cura pelo autoconhecimento, que pode ocasionar a cura física, dependendo da vontade de cada um. As terapêuticas aplicadas, astroterapia homeopatia, florais, a recreação, as artes, a filosofia, são recursos auxiliares para cada tipo de cura, na beleza única de cada momento, de cada indivíduo.

Márcia Cristina.

11/26/2014

Florais do Mundo


-Florais Findhorn Flower Essences florals
Site Oficial dos Florais Findhorn Flower Essences
http://www.findhornessences.com

-Florais Franceses DEVA 
Site Oficial dos Florais Franceses DEVA
http://www.lab-deva.com

-Florais Healing Herbs 
Site Oficial dos florais de Julian Barnard
http://www.healing-herbs.co.uk

-Florais Korte Phi 
Site Oficial dos Florais Korte Phi
http://www.kortephi.com

-Florais Living Light Energies 
Site Oficial das essências Living Light Energies
http://www.livinglight.ca

-Florais Master Flower Essences 

Site Oficial das essências Master Flower Essences
http://mastersessences.com

-Florais da Anaflora 
Site Oficial dos Florais da Anaflora
http://www.anaflora.com

-Florais da FES – Californianos
Site Oficial da Flower Essences Services – Californianos
http://www.floweressence.com

-Florais da Holanda 
Site Ofical dos Florais da Holanda
http://www.bloesem-remedies.com

-Florais da África do Sul
Site Oficial dos Florais da África do Sul
http://www.safloweressences.co.za

-Florais de Bach Originais 
O site Oficial do Bach Centre e da Fundação Bach, na Inglaterra.
http://www.bachcentre.com

-Florais de Raff 
Site oficial dos Florais de Raff
http://www.raff.com.ar

-Florais do Alasca 
Site oficial dos florais do Alasca
http://www.alaskanessences.com

-Florais do Deserto 
Site Oficial dos Florais do Deserto
http://www.desert-alchemy.com

-Florais do Himalaya 
Site Oficial dos Florais do Himalaya
http://www.himalaya.com.au

Sistema Florais Brasileiros

-Florais de Minas 
Site Oficial dos Florais de Minas
http://www.floraisdeminas.com.br

-Florais do Sul 
Site Oficial dos Florais do Sul
http://www.floraisdosul.com.br

-Florais Filhas de Gaia
Site oficial das Essências Florais Filhas de Gaia
http://www.filhasdegaia.com

10/23/2014

As 5 medicinas, ou modo de curar, segundo Paracelso.


capa paracelso

A seguir transcrições do livro A Chave da Alquimia, de Paracelso, traduzido por Antonio Carlos Braga – por onde o senso investigativo que complementa a natureza curadora do terapeuta pode, por bem, passar.

 

copy-copy-copy-folha

 

” 1. MEDICINA NATURAL: concebe e trata as enfermidades como ensina a vida, a natureza das plantas, e conforme o que convém a cada caso por seus símbolos ou concordâncias. Assim curará o frio pelo calor, a umidade de pal secação, a superabundância pelo jejum e o repouso e a inanição pelo aumento das comidas. A natureza dessas afecções ensina que as mesmas devem ser tratadas pela aplicação de ações contrárias. Avicena, Galeno e Rosis foram alguns defensores e comentaristas desta teoria.

copy-copy-copy-folha

2. MEDICINA ESPECÍFICA: os que defendem e pertencem a esse grupo tratam as doenças pela forma específica ou entidade específica (Ens specificum). O Imã, por exemplo, atrai o ferro não por meio de qualidade elementares, mas através de forças e afinidades específicas. Os médicos deste grupo curam as enfermidades pelas forças específicas dos medicamentos correspondentes. Também pertencem a esse grupo aqueles que fazem experiências, chamados por alguns empíricos, com justa razão. Finalmente, também entre os naturalistas, aqueles que fazem e receitam purgantes, já que estes impõem forças estranhas que derivam do específico, completamente fora do material, saindo de um grupo para entrar em outro.

copy-copy-copy-folha

3. MEDICINA CARACTEROLÓGICA OU CABALISTA: aqueles que a exercem curam as doenças pelo influxo de certos signos dotados de um estranho poder, capazes de fazer correr aqueles que se manda, e dar-lhes ou tirar-lhes determinados influxos ou malefícios. Isto também pode ser feito através da palavra, sendo em conjunto um método eminentemente subjetivo. Os mestres e autores mais destacados desse grupo foram Alberto, O Grande, os astrólogos, os filósofos e todos aqueles dotados do poder da feitiçaria.

copy-copy-copy-folha

4. MEDICINA DOS ESPÍRITOS7 : seus médios cuidam e curam as enfermidades mediante filtros e infusões que coagulam os espírito de determinadas ervas e raízes, cuja própria substância foi anteriormente responsável pela doença (similia similibus curantur). Acontece a mesma coisa um juiz, tendo condenado um réu, se transforma posteriormente na sua única salvação, já que só através de seu poder e de suas palavras poderá obter novamente a liberdade. Os enfermos que padecem dessas doenças podem se curar graças aos espíritos dessas ervas, conforme está escrito nos livros desta seita e da qual fizeram parte grande quantidade de médicos famosos como Hipócrates e todos de sua escola.

copy-copy-copy-folha

5. MEDICINA DA FÉ: aqui a fé é usada como arma de luta e de vitória contra as doenças. Fé do doente em si mesmo, no médico, na disposição favorável dos deuses e na piedade de Jesus Cristo. Acreditar na verdade é causa suficiente para muitas curas. neste assunto temos a vida de Cristo e de seus discípulos como melhor exemplo.8

copy-copy-copy-folha

7 Espírito não na acepção literária ou filosófica moderna, mas como essência de toda a vida ou impulso animado ou inanimado (spiritu) por isso não podemos chamar os médicos desta escola espiritual de espiritistas, nem de médicos do espírito, mas “pelo “espírito.

8 As cinco divisões de Paracelso tem sua projeção exata na atualidade, feitas as naturais descultas pelo enfoque e a distância: assim os naturalistas não passam de velhos médicos rurais sem livros, instrumentos, e tão cheios de prudência e indiferença, como de confiança na natureza e nos remédios elementares caseiros. Os especifistas são os farmacoterapeutas alopatas dos nossos dias. Nos caracterólogos da magia negra encontramos os neurologistas, psiquiatras e psicanalistas. Os espiritualistas são os antepassados diretos dos especialistas em química biológica, dietólogos, vitaministas e, de certo modo também os homeopatas e alergistas. Enquanto aqueles que curam pela fé, vemos bem que sua atualidade continua e continuará eternamente em seus diferentes rasgos científicos cujas classes não vamos enumerar aqui porque o leitor sabe perfeitamente quem são.” 

copy-copy-copy-folha
Gratidão,

Márcia Cristina.

10/16/2014

Vida Alternativa


O aprendizado com as flores e os reinos da natureza que eu experenciei nas diversas medicinas alternativas as quais me submeti
images (8)(sim com algumas eu só me tratei e ainda não tenho o conhecimento para auxiliar outras pessoas, como no caso da medicina indígena) e com as quais eu tenho a honra de trabalhar, os florais, a homeopatia e os cristais, me despertaram para uma nova perspectiva de vida.

Quando chega a compreensão de que a Terra:  é regida por um comando que em uma definição primária agente pode chamar de “troca” e em uma segunda definição, de “sincronia”, que o nosso próprio corpo é o agregado de componentes e  elementos da Terra reorganizados pela Vontade, e que um dos fatores que influenciam o nosso bem estar físico é organizar harmoniosamente  esses elementos em nosso corpo – é que chegou a hora de assumirmos o autocuidado, regenerar reorganizar o nosso terreno, que é nosso corpo.

E por troca e sincronicidade, quando decidimos pelo auto cuidado e colocamos mãos à obra para organizar, regenerar nosso terreno pessoal, as percepções se abrem e descobrimos que estamos ajudando a Terra e seus diversos filhos (mineral, vegetal e animal) a se regenerarem também; entramos, sem dificuldades e de forma muito natural no cuidado com o meio ambiente.

Nesse espaço virtual compartilho as experiências pessoais e dicas de colegas mais experientes que olham na mesma direção.

Gratidão,

Márcia Cristina.

08/31/2014

O Tarot Egípcio e as 12 Casas Astrológicas


 

O Mundo - Marca o fim de uma Era.

O Mundo – Marca o fim de uma Era.

O Tarot é uma ferramenta de trabalho lúdica permeada por símbolos antigos, estabelecidos dentro de contextos – ou  cultural, ou filosófico, ou de idéias, por exemplo.

Através dele os temas inconscientes são trazidos à tona, tornando possível o redirecionamento pessoal e a clarificação de eventos conflitantes.

Auxiliam o desbloqueio de energias, expansão da consciência e cura, nos setores material, emocional, intelectual e espiritual, desperta a percepção.

O Tarot nos agracia a todos com o exercício de trazer a tona aspectos inconscientes antes que se materializem. Há registro do primeiro baralho em época de 1417. Mundo afora, ganhou diversos símbolos e imagens,  verdadeiras obras de arte, e também estruturação distinta, conforme o seu canalizador.

Aqui eu considero a estrutura do Tarot Egípcio de Clive Barret, com 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores.

O complexo orgânico perfeito que representa o Tarot, consiste em dois sistemas orgânicos. Um sistema orgânico maior, mais abrangente,  o grupo dos Arcanos Maiores, com 22 duas cartas, e o sistema menor, com 56 cartas, chamado de Arcanos Menores. Ambos são importantes e se complementam… isso me lembra  muita relação de complementariedade, agora me veio em mente a relação do SNC e SNS (sistema nervoso central e sistema nervoso simpático).

No grupo Arcanos Maiores as cartas que representam:

  • 3 Arcanos: 3 elementos em nível superior Água, Fogo e Ar;
  • 7 Arcanos: Os sete Planetas;
  • 12 Arcanos: Os 12 Signos do Zodíaco.

    Exemplo

    Exemplo

Esses 22 Arcanos são análogos a diversos fatores construtores de complexos e ou organismos perfeitos – e os complexos perfeitos são representados pela circunferência, 360 graus.

São 22 os polígonos regulares inscritos numa circunferência. 360 graus tem 4 divisores, sendo que os divisores 1 e 2 devem ser excluídos por não construírem polígonos, por não criarem no plano tridimensional . E aqui estamos aqui margeando a Geometria Sagrada.

No Alfabeto Hebraico são 22 os blocos formadores do universo. Encontramos na Cabala 10 ( 3 + 7) Sefirah (esferas, circunferências, organismos, mundos, reinos, consciências) ligadas por 22 caminhos. E aqui estamos margeando a Kabhallah.

Em se tratando de circunferência, consideremos o raio: r=3,14 (também usado nas construção das pirâmides).

3,14 multiplicado por 7 (o número que representa o homem espiritualmente perfeito, 3+4), nos apresenta o total de 21,98. Os 22 Arcanos maiores do Tarot representam a Criação.

A humanidade foi criada para ser Receptor da Luz da Perfeição. Foi criada para receber as bençãos. É o que sempre fomos e o que sempre seremos e nossas almas corporificam o desejo de receber para compartilhar… ao passo em que nosso corpo (a personalidade) é o egoísmo do desejo de receber somente para sí.

O outro sistema orgânico componente do Tarot chama-se Arcanos Menores, possui 56 cartas divididas em quatro grupos de 14 cartas, ou quatro órgãos, cada órgão é uma subesfera, um ambiente, uma esfera estabelecida no plano material, o NAIPE. Relacionada com os 4 elementos na nossa dimensão, inclusive dispensando características de temperamento humano. Trata-se do Plano Estabelecido.

Aprender sobre o Plano estabelecido ajuda a ultrapassar os limites da ilusão da personalidade. Em geral, tendemos a achar que espiritualidade e matéria são coisas distintas, contudo, nossa função original é realizar na matéria as intenções do nosso Eu Superior, sermos conduzidos pela Águia de volta para casa.

Naipes

  • Paus (Fogo) – o ambiente humano e as pessoas desse ambiente, que se relacionam com o dever, com a coragem, com as aspirações – tipo humano racional e responsável;
  • Ouros (Terra) – o ambiente humano e as pessoas desse ambiente, que se relacionam com aquisições, realizações e bens – tipo humano prático e materialista;
  • Copas (Água) – o ambiente e as pessoas desse ambiente, que se relacionam com as emoções, com a trocas, com as paixões e com as artes – tipo humano que valoriza relacionamentos e artes.
  • Espadas (Ar) – o ambiente e as pessoas desse ambiente, que se relacionam com a adversidade, com a transformação e ações não planejadas – tipo humano dado à atitudes de observação e distanciamento.

Cada “órgão” ou naipe é composto de 14 cartas:

  • 4 cartas, Rei, Rainha, Príncipe e Princesa, pessoas com as características humanas correspondentes ao ambiente, o órgão;
  • 10 cartas numeradas, do 1 (ou Ás), até o 10.

Do um ao nove de cada Naipe temos o ciclo completo, o 10 é o recomeço, num plano superior. O Bhagavad Gita ensina que temos 3 planos a galgar e a maioria dos humanos não deseja sair do primeiro plano.

Há uma referência no Tarot Zen de Osho, página 15: nela diz que o número 56 e os Naipes se relacionam com os sete passos de ida e sete passos de volta que Buda realizou em cada uma das 4 direções cardeais, quando nasceu – e eu concordo com sentido esotérico dessa alegoria.

Na abordagem total os números são qualitativos e não quantitativos e representam cada possibilidade existente no ambiente.

Os ímpares são positivos, ativos, fecundos, reconhecidos assim: 1, 3, 5, 7, 9, 10 (pois 1+0=1), lidos geralmente como mensagens favoráveis;

Os números ímpares são passivos, não geradores, negativos, pois neles a unidade foi bipartida, são 2, 4, 6 e 8 e são lidos geralmente como mensagens desfavoráveis, onde há bloqueio de energia.

Em síntese, para cada Naipe, os números são assim lidos:

1 ou Ás, início de ação;

2, Passividade, dualidade, divisão, dificuldade;

3, Perfeição, complementação, fertilidade, conclusão;

4, matéria, inércia, inatividade, passividade;

5, novo impulso, prazer;

6, crise, obstáculo, perda, enfermidade;

7, triunfo, sucesso;

8, perda de um processo;

9, novo impulso em plano superior, distância, estrangeiro;

10, Plenitude, fim de um ciclo, realização, avaliação.

As Casas Astrológicas representam outra vez o circulo perfeito divido em 12 raios, estes que são os setores ou casas onde acontece a ilustração do todo que se forma, para que o consulente tome consciência das tendências que se desencadeiam em sua vida.

Em síntese, lê-se assim:

Casa 1 de Áries, EU

Casa 2 de Touro, MEU

Casa 3 de Gêmeos, DENTRO,

Casa 4 de Câncer, DE ONDE,

Casa 5 de Leão, PESSOAL,

Casa 6 de Virgem, TRABALHO,

Casa 7 de Libra, TU

Casa 8 de Escorpião, TEU,

Casa 9 de Sagitário, FORA,

casa 10 de Capricórnio, PARA ONDE,

Casa 11 de Aquário, COLETIVO,

Casa 12 de peixes, CARMA (o trabalho maior, DISSOLUÇÃO DO EU)

Temos muitos futuros possíveis. Chamamos o Leão, despertamos a coragem, fazemos a escolha e aprendemos com o resultado, para chegar a novos níveis de conhecimento, plenitude e mais próximo do amor.

Márcia cristina.

 

 

Tags:
08/02/2014

Aleitamento materno


Cura e seios: Hipócrates relata que as Amazonas tinham por tradição mutilar e cauterizar o seio direito dos bebês meninas, para que amama1 força se direcionasse aos resultados de batalha e manuseio de arco e flecha.
Como a Mãe Terra que tira de si para nos alimentar, assim é a mamífera, curadora de si e do outro, uma dádiva divina, um resgate.

Você não amamentou? É assim mesmo, a cada um o que é seu. Não há culpas e castigos. Esse tempo passou. Hoje tudo é consciência e intenção. Meditar sobre a amamentação também ajuda a gente a se curar de “coisas que a sociedade” nos impõe e nem sempre temos condições de realizar.

 

Na verdade não é uma imposição. Ao contrário, a vida moderna foi quem tirou o lugar importante que o aleitamento materno tem na organização da família. Família é um núcleo de aprendizagem de valores e construções além do que podemos alcançar com o pensamento comum. É necessário interiorizar e mergulhar nesse entendimento.

Amamentar dói. Nos causa mal estar físico. Para muitas, aumenta ainda mais a sensação de que ficou alienada da vida, da atenção do marido, da beleza, do seu círculo social. Sim isso e verdade.

A maior representação do quanto é sagrado o amamentar, é  o grau do sacrifício que a mãe  se impõe para dar a um ser indefeso o que lhe é necessário para que sobreviva.

O aleitamento materno contém toda a nutrição necessária ao desenvolvimento cerebral e orgânico,  tecidos, membranas, ossos, química, sangue, defesa contra organismos invasores e principalmente: defesa psicológica. Para o pequeno SER, ser alimentado significa que foi aceito e está protegido.

Feliz do homem que se dedica a proteger esse processo vital.

Gratidão,

Márcia Cristina.

07/31/2014

3. Gêmeos


Eu penso.gemini

“A ti, GÊMEOS, Eu dou as perguntas sem respostas, para que possas levar a todos um entendimento daquilo que o homem vê ao seu redor. Tu nunca saberás por que os homens falam ou escutam, mas em tua busca pela resposta encontrarás o Meu Dom, reservado a ti: o Conhecimento”. E GÊMEOS voltou ao seu lugar.

Gêmeos é a passagem de informação. Ainda indiscriminada, esta informação contém em si a dualidade do signo, informação quantitativa e não qualitativa. É a informação pela informação.

Gêmeos é a primeira forma de aprendizagem, aquilo que imediatamente se pode saber e ainda há a interrogação sobre o valor do conhecimento.

É a mente jovem, o prazer de descobrir as coisas. Os geminianos são curiosos, leves, mutantes, duplos como o seu próprio signo. Querem tudo saber, tudo relacionar. São a ponte verbal, o Ar em movimento, a dinâmica do relacionamento inteligente.

Aqui o pensamento não nasce da emoção, encontra-se dissociado do mundo interior. Entre o pensar e o sentir ainda não há diálogo nem compromisso.

Tem desafios relacionados com o aprender a ser responsável, organizado, cooperativo, fiel e responsável.

 

Mensagem Floral para Gêmeos

Cerato positivo:" Consigo formar mais rapidamente a minha opinião e mante-la."

Cerato positivo:” Consigo formar mais rapidamente a minha opinião e mante-la.”

 

 

Saúde:

Transtornos sexuais e inflamações dos órgãos reprodutores. Pancadas no osso nasal.  Inflamação de mucosa, caxumba e hemorróidas; espasmos urinários, fístulas, intoxicações. Pulmões. Articulações reumáticas aumentadas, todos os tipos de acúmulos. Sarampo, catapora, escarlatina. Sistema nervoso e instabilidade.

 

 

 

 

 

 

06/01/2014

Sakura – O Mito da Flor de Cerejeira


images (1)

 

A lenda Japonesa nos ensina que as flores de cerejeira são o símbolo da Deusa Kono-Hana-Sakuya-Hime (Princesa Florida Brilhantemente como as Flores das Árvores), a filha da deidade “Possuidor da Grande Montanha”.   Ela representa o feminino, o amor e a renovação.

A Deusa Konohana Sakuya Hime mora no Monte Fuji e os japoneses acreditam que ela protege o local para o vulcão não entre em erupção, além de ser venerada para proteger as colheitas.

Os samurais, os guerreiros japoneses, eram grandes apreciadores da flor de cerejeira. A cerejeira é também associada à efemeridade da existência humana e ao lema dos samurais: viver o presente sem medo.

O Monte Fugi é um dos locais aonde se localiza um dos chacras da Terra e lá existe uma das cidades cristalinas do astral.

Consorte do Deus Ninigi, filho da Deusa Sol Amaterasu, este desceu ao nosso plano com a responsabilidade de reorganizar o caos aqui estabelecido nas interrelaçoes deuses e humanidade. Eles tiveram dois filhos, Ho-no-susori  e Hiko-hoho-demi, dos quais o primeiro se tornou o ancestral de Jimmu, o sábio e inspirado poeta imperador do Japão, a quem por sua vez é atribuída a inspiração do Mestre Mikao Usui, sintonizador do Reiki no nosso plano, nessa atualidade, naquela oração que usamos, a meditação Ghasso:

Só por hoje, não se irrite, não se zangue;

Só por hoje, não se preocupe;

Só por hoje, respeite os mestres, os professores, os mais velhos;

Só por hoje, seja gentil e amoroso com todos os seres;

Só por hoje, trabalhe honestamente.

No Japão, a florada das cerejeiras começa no sul e estende-se até o norte do país. As pessoas acompanham pelos meios de comunicação as previsões meteorológicas da sakura senzen – a linha da floração que se espalha pelo Japão.

As árvores perdem todas as suas folhas e logo vêm as flores (sakura, em japonês), com tons que variam de branco até o rosado, anunciando o fim do rigoroso inverno japonês. As pessoas então sentam-se em multidões sob as copas floridas das cerejeiras e fazem piquenique, para observar as flores. A prática tradicional “hanami”, que existe desde há séculos, até hoje.

 

370970__cherry-blossom-tree_p

02/13/2014

Pão Essênio


 

Essa matéria é da autoria de Aline Chaves ( http://panelasdecapim.blogspot.com.br) e está fragmentada para caber no Água e Flor.

Pão dos essênios

Pão essênio? Uma receita de pão com mais de 2.000 anos…
Top de linha na Culinária da Alimentação Viva.
Só mesmo um povo que aprendeu a viver e semear nos desertos, como os essênios, para inventar esta história de fazer comida no sol. E estas comidas abençoadas pelo Anjo do Sol… são as mais deliciosas.
Pois bem, esta é a receita que Jesus nos ensinou:

“Deixai que os anjos de Deus vos preparem o vosso pão. Umedecei o vosso trigo, para que o anjo da água penetre nele. Ponde-o então no ar, para que o anjo do ar o abrace. E deixai-o da manha à noite debaixo do sol, para que o anjo da luz solar desça sobre ele. E a benção dos três não tardará a fazer o germe da vida brotar no vosso trigo. Em seguida moei o vosso grão e fazei obreiras finas, como faziam seus antepassados quando partiam do Egito a casa da servidão. Tornai a pô-las debaixo do sol quando ele aparece e, quando ele subir ao ponto mais alto dos céus, virai-as do outro lado para que elas sejam abraçadas ali também pelo anjo da luz solar e deixai-as onde estão até que o sol se ponha. Pois os anjos da água, do ar da luz solar alimentaram e amadureceram o vosso trigo do campo e, da mesma forma, precisam também preparar o vosso pão” (SZEKELY, O Evangelho Essênio da Paz,1981, pp. 43-44).

Trocando em miúdos, se lembra daquele moedor de carne da vovó? Então, é ele mesmo…

Comece germinando as sementes de trigo!

À noite, coloque as sementes de molho na água dentro de um vidro coberto por umfiló e elástico.

Pela manhã, tire as sementes da água e lave-as. Coloque-as para respirar no ar. Use um escorredor de pratos para colocar o vidro inclinado de cabeça para baixo, em um ângulo de 45 graus e escorrer o excesso de água que fica no fundo do vidro.
À noite, lave as sementes novamente. E coloque-as no ar para respirar mais (da mesma forma como mencionado acima). O trigo começa a germinar aqui, mas ainda não está no ponto.
Pela manhã, o trigo está no ponto ideal do pão, maiorzinho… Mais pré-digerido pelo processo de germinação no ar e, portanto, mais macio.
 
Desse modo, o ponto ideal para germinação do PÃO ESSÊNIO são sementes de trigo germinadas: 8 horas na água e 24 horas no ar…

Sementes germinadas às mãos… vamos fazer pão

Agora, é só moer as sementes germinadas por três vezes. A massa é linda e dá uma liga ótima!

Modelagem do pão essênio

Aperte bem a massa com as duas mãos até formar uma bola.
Bata a massa de trigo germinado em uma mesa de mármore para dar uma liga boa.
Se não tiver mesa de mármore… Estique a massa com o auxílio de um tecido de voal por baixo, se preferir. Este tecido dá aderência e permite deixar a massa bem fininha, sem grudar.
Faça formatos circulares, rodelas finas e leve ao sol, pelo menos por 1 h. Se preferir, cubra com tecido de voal, que é bem fino e leve, para proteger seu pão de visitantes indesejados.
Seque a massa dos dois lados!
Está pronto!
Para saber se está bom… prove. Seu paladar é o melhor indicador do sucesso da sua pesquisa.
E se não tiver sol?

Então, aprenda a administrar o forno do seu fogão e transformá-lo em um desidratador doméstico.

Nível mínimo de temperatura e tampa entreaberta para deixar sair a água dos alimentos.

Lembre-se que DES-HIDRATAR significa tirar as águas. Então, você cuida para o forno não fechar, senão vai superaquecer seu pão.

Uma boa dica de medição da temperatura é que suas mãos regem o termômetro do fogo da vida. nesse caso, use-as para saber se a temperatura está quente demais ou de menos.
Desejo a todos vocês muito sucesso com os pães da Vida!
Aline Chaves
Pesquisadora dos ciclos alimentares e alquimista de vegetais vivos

 
A PAZ ESTEJA CONTIGO…
02/13/2014

Açúcar Cristal Orgânico


sugar

Tema dirigido somente à quem tem o hábito do açúcar.

O Açúcar que usamos por aqui tem origem da cana de açúcar. Na Holanda, por exemplo, é extraído da beterraba.

O açúcar da cana é a sacarose, das frutas é a frutose e do leite é a lactose. Sim, é diverso e é encontrado em diversos compostos orgânicos naturais.

O açúcar tem função no organismo: fornecer energia.

Então daí já percebemos duas coisas:

ingerimos açúcar em diversos momentos do dia, sem perceber;

temos o domínio de mensurar a quantidade e a qualidade do açúcar ingerido, nos alimentos que preparamos.

O açúcar orgânico é extraído da cana de açúcar cultivada sem fertilizantes químicos, os agrotóxicos, e em terrenos tratados com adubagem natural e procedimentos em fidelidade à sustentabilidade do meio ambiente. Esse açúcar tem o diferencial de manter os macro e micronutrientes naturais importantes ao organismo humano como o cálcio e o ferro.

O açúcar cristal orgânico tem origem na cana de açúcar moída de onde se extrai suco de extrema doçura. A primeira versão de açúcar  é o açúcar mascavo, cujo paladar é intenso e interfere no sabor dos alimentos. Combina muito com pães, bolos, tortas e doces. Voltando ao açúcar cristal: o caldo passa por  processos de purificação, evaporação, cristalização, centrifugação e  secagem e, por fim, no cozimento, surgem os cristais que são selecionados e distribuídos para a nossa mesa. Pode ser encontrado em diversas casa de produtos naturais e seção de supermercados, além das feiras orgânicas. Seu custo é baixo em relação ao benefício: saúde.

12/23/2013

Cloreto de Potássio


Indicações:

Agente principal no tratamento anticatarral de diversos órgãos e mucosas e nos catarros acompanhados de secreções fibrinosas-espessas  que formam uma massa branca, branca fina ou branca viscosa, tanto se se trata de placas brancas finas na pele ou membranas sólidas de cor branca localizadas nas mucosas. Tratamentos de afecções otorrino -laringológicas (ORL) e oculares caracterizadas por inflamação fibrinosa, também em processos pulmonares e pleurite fibrinosa, bronquite, reumatismo, tendo-vaginite, verrugas, reações de vacinas, queimaduras, etc.

12/23/2013

Pirofosfato Férrico


Indicações:

Todas as doenças súbitas e para todos os processos inflamatórios e febris em estado inicial. Doenças infantis, estados anêmicos, dores, feridas, hemorragias, contusões, distorções articulares, sobrecargas físicas, alterações da perfusão sanguínea com sintomas reumatóides, gastrite catarral aguda com dor e vómitos e diarreias estivais companhadas de febre.

12/23/2013

Sulfato de Cálcio


Indicações:

Abcessos, furúnculos, antrax, inflamações do tecido conjuntivo, amigdalites purulentas, catarro brônquico purulento, cistite e nefrite, resfriado crónico que afecta os seios nasais com secreções purulentas, sanguinolentas e fétidas; ístulas anais, reumatismo crónico e pacientes com insónia, perda de memória e vertigo.

12/23/2013

Fosfato de Cálcio


Indicações:

Assim como o Fluoreto de Cálcio, todas as doenças ósseas e dentárias, fracturas complicadas que demoram a soldar e também,  anemia, processos pulmonares, alterações de tipo nervoso, astenia, transtornos do sono especialmente em lactentes, durante a infância e em épocas de desenvolvimento e crescimento). 

12/23/2013

Fluoreto de Cálcio


Indicações:

Perda de elasticidade dos vasos sanguíneos (hemorróidas, varizes, arteriosclerose). Doenças ósseas e dentárias (propensão a cáries, etc.), lesões discais, moléstias articulares, raquitismo infantil, endurecimento dos tecidos e glândulas, debilidade postural, envelhecimento prematuro da pele.

12/17/2013

Cherry Plum – medo de perder o controle


cherry-plum-flower
Cherry Plum – para quando se tem medo de que a mente se esgote, de que se perca a razão, de que se faça coisas espantosas e horríveis, indesejáveis e prejudiciais, embora se pense nelas e se sinta impelido para elas.
Dentre os 7 Grupos de Florais, faz parte do Grupo do Medo.
11/06/2013

Medicina das Funções – Diáteses


A Medicina das Funções é um desdobramento da Medicina Vibracional (reconhecida pela OMS) em cujo tratamento se enquadra a terapêutica de ingestão de microminerais sob a forma de altas diluições, que agem através da nutrição celular na dimensão bioenergética do indivíduo.

A Medicina Funcional tem suas bases nos trabalhos de Gabriel Bertrand e de Jacques Menétriér, iniciados no final do Século XIX e nas primeiras décadas do século XX.

Gabriel Bertrand, do Instituto Pasteur de Paris, demonstrou a importância dos microminerais que, encontrados em ínfimas quantidades em organismos vivos tinham papel fundamental como biocatalisadores das reações enzimáticas. Esses minerais receberam o nome de oligoelementos por Jacques Menétriér .

Os oligoelementos favorecem a troca metabólica permitindo ao organismo manter-se equilibrado.

Jacques Menétriér desenvolveu a Tese das Diáteses em 1932, comprovando que o uso clínico dos microelementos ou oligoelementos corrige o terreno biológico dos pacientes, impedindo o aparecimento de doenças em sua forma lesional.

A “Medicina das Funções”, propõe tratar o paciente num estado entre a saúde e a doença, ou seja, no nível funcional.

Terreno biológico compreende o fator endógeno dos desequilíbrios do organismo e cada estado apresenta condição para a manifestação das doenças.

Uma diátese corresponde a um “Tipo” – é um conjunto de características que definem um perfil biológico, levando em consideração os aspectos físicos, intelectuais e psicológicos do indivíduo.

Diátese I                    

 Alérgica ou Artrítica

Predomina nos jovens e adolescentes. Os fenômenos patológicos são agudos mas raramente graves. Costuma evoluir com mais frequência para a diátese III (distônica).

Há um excesso de reações tanto comportamentais como sintomáticas.

Sinais comportamentais da Diátese I

Cansaço matinal – Hiperatividade para o fim do dia – Fadiga que desaparece com o esforço – Má memória episódica – Muito enérgico – Optimista – Nervoso – Colérico – Impulsivo

 Semiologias da Diátese I

Alérgica:                 Eczemas, Urticária de repetição, Asma alérgica, Sinusite alérgica

Cardiovascular :        Précordialgias, Taquicardia emocional, Hipotensão

Digestiva :                   Náuseas, Digestões lentas, Vómitos, Colite

Endócrina :               Disfunção tiroideia (hiper)

Urogenital  :             Dismenorreia, Urina ácida

Faneras  :                 Unhas quebradiças, Queda de cabelo, Artrite dentária

Reumatológica  :       Dores reflexas, Artrites agudas não deformantes, Ciática, Lombalgias

Riscos de evolução patológica da Diátese I

  • Hipotensão arterial (acima dos cinquenta anos)
  • Artrites crónicas
  • Litíase vesicular e renal
  • Asma crónica
  • Eczemas
  • Doença de Basedow
  • Fibromioma tumoral ou hemorrágico

 

Diátese II  

Hiposténica ou Artro-Tuberculosa

Caracteriza-se por hipotonia. Este terreno aproxima-se do Tuberculinismo dos homeopatas.

Encontra-se com frequência nas famílias cujos parentes (pais ou avós) sofrem ou sofreram de problemas respiratórios e de estados hiposténicos.

Sinais comportamentais da Diátese II

Fadiga progressiva por falta de resistência – Fatigável com o esforço – Má memória por falta de resistência – Medianamente enérgico – Moral irregular com indiferença – Tendência á reflexão – Calmo – Cauteloso – Sono muito bom.

Semiologias da Diátese II

Respiratória :               Rinites, Faringites, Laringites,Traqueítes, Bronquites, Sinusites

Linfática    :                  Adenites

Sistema Digestivo :     Perturb. duodenais, Enterocolite, Alternância de Diarreia e Obstipação

Urogenital      :          Cistites ligeiras reincidentes, Dismenorreias

Endócrina    :               Hipotireoidismo

Reticulo-Endotelial    : Anemia com Leucopenia

Osteo-Articular       :    Atraso na ossificação, Laxidez ligamentar

Pele        :                    Prurido, Eritemas polimorfos, Acne, Psoríase

Riscos de evolução patológica da Diátese II

  • Tuberculose em todas as suas formas
  • Reumatismos crónicos deformantes
  • Asma crónica
  • Bronquite crónica
  • Colite crónica esquerda
  • Ulcera duodenal

 

Diátese III

Distónica ou Neuro-artrítica

Esta diátese aparece normalmente no adulto, raramente é constitucional. Geralmente é a evolução da Diátese I (Diátese Alérgica não tratada).

É um sinal de alarme para o terapeuta, pois a instalação de disfunções orgânicas de degenerescência não estão longe.

Sinais comportamentais da Diátese III

Fadiga de manhã, voltando ao fim da tarde – Má memória que se acentua progressivamente – Ligeiro pessimismo com ansiedade – Sono mau com ansiedade.

Semiologias da Diátese III

Neurovegetativa:  Espasmos epigástricos, Inchaço das extremidades, Hemicranianas difusas

Circulatória   :         Hemorroidas, Pernas pesadas, Edemas dos membros inferiores, Varizes, Precordialgias

Digestivos   :            Aerofagia, Dispepsia, Gastrite, Colite espasmódica direita

Osteo-Articular    :  Algo-Neuro-Distrofias, Artrose, Estados gotosos

Pele               :         Urticária crónica, Eczema crónico, Líquen

Uro-Genitais      :    Oliguria, Uremia, Menopausa

Sinais Biológicos de Análise da Diátese III

  • Aumento da taxa de Ureia
  • Aumento da constante de Ambard
  • Alcalose
  • Anemia em alguns casos

Riscos de evolução patológica da Diátese III

  • Trombose
  • Enfarte do miocárdio
  • Arterite
  • Aortite
  • Ulceras Gastro-Duodenais
  • Artrose deformante, dolorosa, evolutiva
  • Uremia
  • Estados cancerosos

 

Diátese IV            

 Anérgica

Esta diátese nunca é constitucional. Geralmente é uma evolução das diáteses precedentes e, normalmente muito grave.

Aparece brutalmente após medicação prolongada e mal tolerada, principalmente nos tratamentos com antibióticos e em acidentes ou choques morais repetidos.

Sinais comportamentais da Diátese IV

Fadiga permanente – Má memória – Desconcentração – Falta de energia – Pessimismo com depressão – Apático e confuso – Sono mau com pesadelos .

Semiologias da Diátese IV

Infecciosa       :      Infecções de repetição, Otites, Anginas,Cistites, Febre inexplicável

Osteo-Articulares :     Reumatismo evolutivo, Osteomielites

Pele         :             Furúnculos de repetição, Acne, Antraz

Sinais Biológicos de Análise da Diátese IV

  • A V.S. pode estar aumentada
  • Perturbações no hemograma
  • Alcalinidade aumentada
  • Fator rH aumentado

Riscos de evolução patológica da Diátese IV

  • Anergia total
  • Sistema imunológico em disfunção
  • Tuberculose local ou geral
  • Reumatismos crónicos graves
  • Poliartrite evolutiva
  • Rectocolite hemorrágica
  • Leucemia
  • Estados cancerosos
  • Senescência precoce e irreversível

 

Diátese V

Síndrome de Desadaptação

Não é propriamente uma Diátese (apesar de alguns autores considerarem o Síndrome de Desadaptação como Diátese V) mas sim uma modalidade “reacional” ao agravamento dos sintomas de uma das Diáteses anteriores.

Este Síndrome joga de maneira prioritária com o Sistema Endócrino e em particular com o Hipofiso-Suprarenal.

Sinais Comportamentais da Diátese V

Quebra súbita de energia – Moral irregular com indiferença  – Alternância de carácter – Sonolência – Distúrbios genitais e endócrinos.

Semiologias da Diátese V

Disfunções Endócrinas:

  •             Hipófise-Genital      Distúrbios menstruais, Menopausa
  •             Hipofiso-Suprarenal   Com Impotência, Com Frigidez
  •             Hipófise-Pancreático  Hipoglicémia, Distúrbios digestivos
  •             Síndrome prostático

Riscos de evolução patológica da Diátese V

Não são específicos, pois dependem de Diáteses anteriores, podem no entanto incluir-se nesta categoria os:

  • Síndromes adiposo-genitais

  • As Prostatites crónicas

  • O Mongolismo

 

 

Gratidão,

Márcia Cristina

Sarau Espiral das Deusas

Expressões do feminino consciente

Sarau das Deusas

Expressões do feminino

El Jardí de les Essències

Es un espacio real y virtual en el que aprender el lenguaje olvidado de la naturaleza y investigar sobre las esencias florales

Canal Meditação

Ensinamentos sobre meditação e espiritualidade.

Caminho Nobre

Educar o Espírito - Fortalecer a Mente - Orientação para Facilitar a Vida

Blog do aguaeflor.com.br

Terapias Naturais e Autoconhecimento

Projeto Segundo Sol

Somos Todos UM

Sala 19

O blog de História de Fabiana Scoleso

Colhendo Lírio

Todos os caminhos levam ao mesmo destino.

Ginecosofía

Sabiduría Ancestral de las Mujeres

Dully Pepper24H

Arte pelo Amor, Arte pelo Mundo, Arte pela Paz!

Caminhadas Ecológicas RJ

Dicas de caminhadas ecológicas e passeios no Rio de Janeiro

Museus do Brasil

Arte no seu roteiro de viagem

Pôr-do-Sol no Arpoador

Sunset - Rio de Janeiro - Turismo carioca

Um Pequeno Atelier

CRIAções do FEMININO consCIENTE

Fisioquantic São Paulo

Terapias Naturais e Autoconhecimento

sintenrj.com

Terapias Naturais e Autoconhecimento

%d blogueiros gostam disto: