Arquivo da categoria: Na sua cozinha tem remédio

Pão Essênio


 

Essa matéria é da autoria de Aline Chaves ( http://panelasdecapim.blogspot.com.br) e está fragmentada para caber no Água e Flor.

Pão dos essênios

Pão essênio? Uma receita de pão com mais de 2.000 anos…
Top de linha na Culinária da Alimentação Viva.
Só mesmo um povo que aprendeu a viver e semear nos desertos, como os essênios, para inventar esta história de fazer comida no sol. E estas comidas abençoadas pelo Anjo do Sol… são as mais deliciosas.
Pois bem, esta é a receita que Jesus nos ensinou:

“Deixai que os anjos de Deus vos preparem o vosso pão. Umedecei o vosso trigo, para que o anjo da água penetre nele. Ponde-o então no ar, para que o anjo do ar o abrace. E deixai-o da manha à noite debaixo do sol, para que o anjo da luz solar desça sobre ele. E a benção dos três não tardará a fazer o germe da vida brotar no vosso trigo. Em seguida moei o vosso grão e fazei obreiras finas, como faziam seus antepassados quando partiam do Egito a casa da servidão. Tornai a pô-las debaixo do sol quando ele aparece e, quando ele subir ao ponto mais alto dos céus, virai-as do outro lado para que elas sejam abraçadas ali também pelo anjo da luz solar e deixai-as onde estão até que o sol se ponha. Pois os anjos da água, do ar da luz solar alimentaram e amadureceram o vosso trigo do campo e, da mesma forma, precisam também preparar o vosso pão” (SZEKELY, O Evangelho Essênio da Paz,1981, pp. 43-44).

Trocando em miúdos, se lembra daquele moedor de carne da vovó? Então, é ele mesmo…

Comece germinando as sementes de trigo!

À noite, coloque as sementes de molho na água dentro de um vidro coberto por umfiló e elástico.

Pela manhã, tire as sementes da água e lave-as. Coloque-as para respirar no ar. Use um escorredor de pratos para colocar o vidro inclinado de cabeça para baixo, em um ângulo de 45 graus e escorrer o excesso de água que fica no fundo do vidro.
À noite, lave as sementes novamente. E coloque-as no ar para respirar mais (da mesma forma como mencionado acima). O trigo começa a germinar aqui, mas ainda não está no ponto.
Pela manhã, o trigo está no ponto ideal do pão, maiorzinho… Mais pré-digerido pelo processo de germinação no ar e, portanto, mais macio.
 
Desse modo, o ponto ideal para germinação do PÃO ESSÊNIO são sementes de trigo germinadas: 8 horas na água e 24 horas no ar…

Sementes germinadas às mãos… vamos fazer pão

Agora, é só moer as sementes germinadas por três vezes. A massa é linda e dá uma liga ótima!

Modelagem do pão essênio

Aperte bem a massa com as duas mãos até formar uma bola.
Bata a massa de trigo germinado em uma mesa de mármore para dar uma liga boa.
Se não tiver mesa de mármore… Estique a massa com o auxílio de um tecido de voal por baixo, se preferir. Este tecido dá aderência e permite deixar a massa bem fininha, sem grudar.
Faça formatos circulares, rodelas finas e leve ao sol, pelo menos por 1 h. Se preferir, cubra com tecido de voal, que é bem fino e leve, para proteger seu pão de visitantes indesejados.
Seque a massa dos dois lados!
Está pronto!
Para saber se está bom… prove. Seu paladar é o melhor indicador do sucesso da sua pesquisa.
E se não tiver sol?

Então, aprenda a administrar o forno do seu fogão e transformá-lo em um desidratador doméstico.

Nível mínimo de temperatura e tampa entreaberta para deixar sair a água dos alimentos.

Lembre-se que DES-HIDRATAR significa tirar as águas. Então, você cuida para o forno não fechar, senão vai superaquecer seu pão.

Uma boa dica de medição da temperatura é que suas mãos regem o termômetro do fogo da vida. nesse caso, use-as para saber se a temperatura está quente demais ou de menos.
Desejo a todos vocês muito sucesso com os pães da Vida!
Aline Chaves
Pesquisadora dos ciclos alimentares e alquimista de vegetais vivos

 
A PAZ ESTEJA CONTIGO…
Anúncios

Açúcar Cristal Orgânico


sugar

Tema dirigido somente à quem tem o hábito do açúcar.

O Açúcar que usamos por aqui tem origem da cana de açúcar. Na Holanda, por exemplo, é extraído da beterraba.

O açúcar da cana é a sacarose, das frutas é a frutose e do leite é a lactose. Sim, é diverso e é encontrado em diversos compostos orgânicos naturais.

O açúcar tem função no organismo: fornecer energia.

Então daí já percebemos duas coisas:

ingerimos açúcar em diversos momentos do dia, sem perceber;

temos o domínio de mensurar a quantidade e a qualidade do açúcar ingerido, nos alimentos que preparamos.

O açúcar orgânico é extraído da cana de açúcar cultivada sem fertilizantes químicos, os agrotóxicos, e em terrenos tratados com adubagem natural e procedimentos em fidelidade à sustentabilidade do meio ambiente. Esse açúcar tem o diferencial de manter os macro e micronutrientes naturais importantes ao organismo humano como o cálcio e o ferro.

O açúcar cristal orgânico tem origem na cana de açúcar moída de onde se extrai suco de extrema doçura. A primeira versão de açúcar  é o açúcar mascavo, cujo paladar é intenso e interfere no sabor dos alimentos. Combina muito com pães, bolos, tortas e doces. Voltando ao açúcar cristal: o caldo passa por  processos de purificação, evaporação, cristalização, centrifugação e  secagem e, por fim, no cozimento, surgem os cristais que são selecionados e distribuídos para a nossa mesa. Pode ser encontrado em diversas casa de produtos naturais e seção de supermercados, além das feiras orgânicas. Seu custo é baixo em relação ao benefício: saúde.

Flor de Sal


guer

Flor de Sal é a camada superior do sal das salinas, cristais mesmo, alguns parassem ter pétalas.

Esse sal é colhido cuidadosamente por uma ferramenta artesanal de madeira, sem choque, sem trauma, e seca no vento e no sol.

Sua cor é acinzentada e contém traços de vida marinha, contendo micronutrientes e iodo em sua forma orgânica. 

Em resumo, os micronutrientes são poções mínimas de minerais que precisamos repor para “manter” um bom terreno biológico, revitalizando células e permitindo a todo o organismo a plena realização das suas funções.

O iodo é importante para o bom funcionamento da  glândula tireóide, glândula responsável pelos hormônios, substâncias químicas fundamentais para o controle e funcionamento de todo o corpo.

Escolhi Guérande para ilustrar pois é a Salina mais famosa do mundo, fica na França e a tradição de colheita do sal nessa região remonta à espoca dos Celtas. Famoso no mundo da culinária, pode ser comprado na internet e em alguns mercados.

Existem outros, e todos são tem propriedades terapêuticas ou medicinais.

No Brasil temos a marca Cimsal , do Rio Grande do Norte, região grande produtora de sal.

Boas opções: o Sal do Himalaia . Isso mesmo, vem do Himalaia, é rosado, tem grande tradição e poder nutritivo.

Do Hawai temos o sal vermelho e o Negro; O sal azul da Pérsia… suas cores se relacionam com os tipos de solo e minerais de região, desde lavas vulcânicas às algas do mar. Material rico e nutritivo.

Opção mais em conta é o sal marinho Guérande, não é a flor do sal, mas contém as propriedades nutritivas indicadas.

Como uma relíquia, assim é o seu preço. Contudo é um investimento em saúde, nesse entendimento temos várias opções para tomar por comparativo e, por fim, entender que o preço não é alto.

Esses sais, alimento comum do passado, privilégio de grandes cozinhas e Chefs internacionais atualmente, estão entrando na nossa cozinha através da informação e da divulgação. Estão vindo  para a nossa mesa, no nosso lar,  nos auxiliando da transição para uma melhor qualidade de vida.