Florais emagrecem?

 

Muito autoamor nessa hora!

Eu me comprometi em começar essa semana uma série de posts para  tratar de assuntos incômodos, que quando tentamos falar com outras pessoas às vezes fica só no superficial.

Hoje trago o sobrepeso e a possibilidade do cuidado, sob a perspectiva da Terapia Floral.

Condições

Sempre lembrar: as essências florais tratam estados emocionais, estados de ânimo.

Vamos considerar que, o que é sobrepeso para alguns, pode não ser para outros. A natureza é riquísssima e existem corpos com massa, formas e curvas  interessantíssimas, harmônicas e belas para o conjunto, para a constituição, o biotipo ou  o shape da pessoa.

E dentro dessa visão, o que pode ser sobrepeso para uns, pode não ser para outros, isso é pessoal,  da vivencia, do autosentir-se, naturalmente.

Alerta:  não vamos considerar aqui os casos em que a  medicina é quem deve intervir (casos em que a gordura é inflamação, distúrbio, que excedeu limites de saúde alarmantes). Casos em que  os Florais poderão ser usados em conjunto. Procure um médico.

Fechamos?

Os Florais de Bach tratam o equilíbrio emocional e os estados de ânimo, e eles podem provocar alterações metabólicas.

Eu trouxe as essências florais que estão relacionadas com essa questão de “carregar algo que não é seu”, sobrepeso.

Dr. Bach recomendava no máximo seis essências por frasco de tratamento. Vamos lá?

Então, Sob a ótica “esse peso, não é meu, eu não deveria carregar”, vamos lá!

(Dr. Bach orientava seis essências florais por frasco de tratamento)

  • Agrimony: para o peso que é esconder aflições e preocupações por trás do rosto alegre e despreocupado. Para aceitar o lado obscuro da vida e enfrentá-lo, participando da vida com contentamento e  leveza genuínos;

  •  Pine: para o peso da culpa e do arrependimento (que muitas vezes nem pertence a pessoa, foi imposta) ou aconteceram em uma época em que não poderia ter feito de outra forma;

  •  Rock Water: para o peso dos que acreditam que devem ser ou  parecer modelo de perfeição, rígido, para maior flexibilidade;

  • Oak: para o peso de carregar a responsabilidade de tudo, para delegar, compartilhar e diluir;

  • Olive: para o peso da falta de energia pelo cansaço extremo ou dieta insuficiente;

  • Wallnut: para o peso das crenças, hábitos, costumes, que já não são mais necessários para continuar. Força para mudar.

Para o aprofundamento das questões, é necessária uma consulta com um terapeuta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: