Blog do aguaeflor.com

Terapias Naturais e Holismo

Sakura – O Mito da Flor de Cerejeira

images (1)

 

A lenda Japonesa nos ensina que as flores de cerejeira são o símbolo da Deusa Kono-Hana-Sakuya-Hime (Princesa Florida Brilhantemente como as Flores das Árvores), a filha da deidade “Possuidor da Grande Montanha”.   Ela representa o feminino, o amor e a renovação.

A Deusa Konohana Sakuya Hime mora no Monte Fuji e os japoneses acreditam que ela protege o local para o vulcão não entre em erupção, além de ser venerada para proteger as colheitas.

Os samurais, os guerreiros japoneses, eram grandes apreciadores da flor de cerejeira. A cerejeira é também associada à efemeridade da existência humana e ao lema dos samurais: viver o presente sem medo.

O Monte Fugi é um dos locais aonde se localiza um dos chacras da Terra e lá existe uma das cidades cristalinas do astral.

Consorte do Deus Ninigi, filho da Deusa Sol Amaterasu, este desceu ao nosso plano com a responsabilidade de reorganizar o caos aqui estabelecido nas interrelaçoes deuses e humanidade. Eles tiveram dois filhos, Ho-no-susori  e Hiko-hoho-demi, dos quais o primeiro se tornou o ancestral de Jimmu, o sábio e inspirado poeta imperador do Japão, a quem por sua vez é atribuída a inspiração do Mestre Mikao Usui, sintonizador do Reiki no nosso plano, nessa atualidade, naquela oração que usamos, a meditação Ghasso:

Só por hoje, não se irrite, não se zangue;

Só por hoje, não se preocupe;

Só por hoje, respeite os mestres, os professores, os mais velhos;

Só por hoje, seja gentil e amoroso com todos os seres;

Só por hoje, trabalhe honestamente.

No Japão, a florada das cerejeiras começa no sul e estende-se até o norte do país. As pessoas acompanham pelos meios de comunicação as previsões meteorológicas da sakura senzen – a linha da floração que se espalha pelo Japão.

As árvores perdem todas as suas folhas e logo vêm as flores (sakura, em japonês), com tons que variam de branco até o rosado, anunciando o fim do rigoroso inverno japonês. As pessoas então sentam-se em multidões sob as copas floridas das cerejeiras e fazem piquenique, para observar as flores. A prática tradicional “hanami”, que existe desde há séculos, até hoje.

 

370970__cherry-blossom-tree_p

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: